Primeiro livro de Enoque - Capitulo 104

Promessa feita aos justos, e exortação contra os pecadores

1

Juro-vos, ó justos, que no céu os anjos da divina Majestade lembram-se de vós com benevolência.

2

Vossos nomes estão inscritos junto à Glória do Altíssimo. Tende confiança!

3

Anteriormente fostes abandonados ao opróbrio, à desgraça e às privações; mas agora havereis de luzir como as luminárias do céu.

4

Brilhareis e sereis vistos, e as portas do céu estarão abertas para vós.

5

Pedi simplesmente o Julgamento, e este virá; pois as vossas tribulações serão convertidas no castigo dos chefes e de todos os ajudantes dos vossos saqueadores.

6

Aguardai e não desisti da vossa esperança!

7

Pois sereis contemplados com uma grande alegria, como os anjos do céu.

8

Que deveis fazer? Não necessitareis esconder-vos no grande dia do Juízo, pois não serão encontrados como os pecadores; o Julgamento eterno ficará longe de vós por todas as gerações do mundo.

9

Não temais, ó justos, quando virdes os pecadores crescendo forte e prosperando em seus caminhos; não sejais companheiros com eles, mas manter longe de sua violência; porque haveis de tornar-se companheiros dos exércitos do céu.

10

Pecadores, embora digais que nenhum dos vossos pecados será conhecido e anotado, na realidade Eles (anjos) escrevem todos os vossos delitos, diariamente.

11

Digo-vos agora que a luz e as trevas, o dia e a noite veem os vossos pecados.

12

Abandonai a impiedade do vosso coração!

13

Não mintais! Não distorceis as palavras da Verdade, não desvirtueis com mentiras as palavras do Santo e Altíssimo!

14

Afastai-vos da adoração dos vossos ídolos!

15

Pois todas as vossas falsidades e enganos não conduzem de forma alguma à retidão, mas sim a um grande pecado.

16

Conheço também o segredo de que muitos pecadores modificam e distorcem de várias formas as palavras da Verdade, intercalam dizeres corruptos e mentirosos, introduzem grandes falácias e escrevem livros sobre os seus próprios pensamentos.

17

Porém, se nas suas línguas traduzirem corretamente todas as minhas palavras, se nada alterarem e nada omitirem nos meus dizeres, e se tudo transcreverem conforme é justo, isto é, tudo quanto anteriormente sobre eles testemunhei, então posso revelar-vos outra coisa que é do meu conhecimento: os livros serão entregues aos justos e aos sábios, aos quais proporcionarão muito contentamento, por causa da honestidade e da sabedoria.

18

Quando lhes forem transmitidos os livros, acreditarão neles e alegrar-se-ão com eles; e todos os justos que neles descobrirem os muitos caminhos da retidão terão a sua recompensa.