Primeiro livro de Enoque - Capitulo 108

Últimas palavras de Enoque

1

Outro livro foi escrito por Enoque para seu filho Matusalém, bem como para os que virão depois dele, e que nos tempos últimos permanecerão fiéis seguidores da Lei.

2

Vós que praticastes o bem deveis esperar por aqueles dias, quando serão aniquilados os malfeitores e quando o império da ofensa terá o seu fim.

3

Aguardai tão somente; virá o tempo do completo desaparecimento do pecado!

4

Os nomes dos pecadores serão apagados do Livro da Vida e dos livros santos, ficando seus descendentes para sempre eliminados. Seus espíritos serão derribados por terra.

5

Gritarão e amaldiçoarão num lugar imenso e deserto, ardendo no fogo; e isso não terá fim.

6

Lá eu vi algo parecido com uma nuvem imensa.

7

Por causa do seu volume não pude abrangê-la com os olhos.

8

Vi também um fogo de labaredas claras e algo que se assemelhava a montanhas ardentes, que se moviam de cá para lá, em círculo.

9

Então eu perguntei a um dos santos anjos que estavam comigo: "Que é essa coisa que arde?

10

Não é um dos fogos do céu, mas apenas uma chama que brilha, e nela se descobrem gritos, choros, lamentações, torturas e grandes sofrimentos".

11

Então ele disse-me: Neste lugar que estás vendo serão trazidos os espíritos dos pecadores, bem como os dos blasfemos e dos que falsificam tudo o que o Senhor, pela boca dos profetas, anunciou sobre o futuro.

12

Pois cada coisa que eles fazem está escrita e assinalada no alto do céu, para que os anjos as leiam, e saibam o destino dos pecadores; conheçam o destino dos humildes, isto é, dos que mortificaram o seu corpo e que por isso foram gratificados por Deus, dos que foram injuriados pelos homens maus, dos que amaram a Deus e desprezaram o ouro, a prata e qualquer bem terrestre, mas que entregaram o corpo ao massacre; dos que, durante a vida, nunca tiveram desejos de iguarias mundanas, mas consideraram todas as coisas como um sopro passageiro, e segundo isso viveram.

13

O Senhor provou-os de muitas maneiras, mas seus espíritos foram achados puros, de tal sorte que seus nomes puderam ser enaltecidos.

14

Eu descrevi nos livros todas as recompensas que foram reservadas para eles.

15

Ele determinou-lhes um prêmio por terem sido considerados como homens que amavam mais o céu do que a sua vida sobre a terra, e que o louvavam enquanto eram pisoteados pelos homens maus, suportavam ofensas, humilhações e insultos.

16

Mas agora eu chamo a mim os espíritos dos bons, dos que pertencem à geração da luz; transfiguro os que nasceram nas sombras, os que na sua carne não receberam a recompensa de acordo com a sua fidelidade.

17

Eu desejo introduzir na plenitude da luz aqueles que amaram o meu santo Nome, e colocarei cada um no seu trono de honra.

18

Eles haverão de resplandecer por tempos intermináveis, pois a retidão é conforme a Justiça divina.

19

Ele recompensa os que permaneceram fiéis nos caminhos da honestidade.

20

Eles haverão de constatar que aqueles que nasceram nas trevas, nas trevas serão lançados, enquanto que os justos hão de resplandecer.

21

Os pecadores levantarão altos gritos ao verem aqueles no esplendor, enquanto eles mesmos devem partir para os dias e os tempos que lhes foram reservados.