Primeiro livro de Enoque - Capitulo 17

Primeira viagem de Enoque

1

Enoque passa algum tempo com as Sentinelas

Eles levantaram-me a um certo lugar, onde lá havia* a aparência de um fogo fervente; e quando eles se agradaram assumiram a semelhança de homens.

* Onde havia. Ou, "onde eles (os anjos) eram semelhantes".

2

Eles levaram-me a um alto lugar, a uma montanha, cujo topo alcançava o céu.

3

E eu vi as câmaras da luz e do trovão nas extremidades do lugar, onde ele era profundo.

4

Havia um arco de fogo, e flechas em seu vibrar, uma espada de fogo, e toda espécie de relâmpagos.

5

Então eles levaram-me a um ribeiro murmurante*, e a um fogo no oeste, o qual recebeu todo pôr-do-sol.

* A um ribeiro murmurante. Literalmente, "à água da vida, a qual fala".

6

Eu vim a um rio de fogo, o qual fluiu como água, e desaguou no grande mar para o oeste.

7

Eu vi todo largo rio, até que cheguei à grande escuridão.

8

Eu fui para onde toda carne migra; e vi as montanhas da escuridão as quais constituem o inverno, e o lugar do qual flui a água em cada abismo.

9

Eu vi também as bocas de todos os rios no mundo, e as bocas das profundezas.