Primeiro livro de Enoque - Capitulo 27

A finalidade do vale maldito

1

Então eu disse: O que significa esta terra abençoada, e todas estas altas árvores, e o vale amaldiçoado entre elas?

2

Respondeu-me então Uriel, um dos santos Anjos que estavam comigo, e disse:

3

"Aquela garganta maldita que viste foi destinada aos eternamente malditos; ali serão agrupados todos aqueles que, com a sua boca, proferem coisas desrespeitosas contra Deus e falam com insolência da sua Glória.

4

Ali eles serão reunidos; será o lugar do seu julgamento.

5

"Nos últimos dias, realizar-se-á um exemplo de um julgamento definitivo sobre eles, na presença dos justos; ali os piedosos louvarão ao Rei da Glória, ao Senhor da Eternidade.

6

No dia do Julgamento dos pecadores os justos O louvarão por causa da sua misericórdia, por Ele manifestada para com eles."

7

Então eu dei graças ao Rei da Glória, proclamei a sua honra e entoei um cato de louvor a Ele.