Primeiro livro de Enoque - Capitulo 39

A morada dos justos e os louvores do Santíssimo

1

Naqueles dias a raça eleita e santa descerá do céu e sua semente estará com os filhos dos homens.

2

E Enoque recebeu escritos da ira e escritos do desespero e da perdição.

3

Nunca obterão misericórdia, diz o Senhor Deus.

4

Uma nuvem então me arrebatou, e o vento elevou-me acima da superfície da terra, colocando-me na extremidade dos céus.

5

Ali eu vi com os meus próprios olhos as suas moradas junto aos Anjos justos e seus lugares de repouso junto aos Santos.

6

Eles estavam entrando, suplicando e orando pelos filhos dos homens; enquanto a justiça fluía como a água diante deles, e a misericórdia se espalhava sobre a terra como o orvalho.

7

E assim será para com eles para sempre e sempre.

8

Naquele tempo os meus olhos viram a habitação dos eleitos, da verdade, fé e retidão.

9

Sem conta será o número dos santos e eleitos na presença de Deus para sempre e sempre.

10

Sua residência eu vi sob as asas do Senhor Deus.

11

Todos os santos e eleitos cantavam diante dele, com a aparência semelhante à chama de fogo; suas bocas estavam cheias de bênçãos e seus lábios glorificavam o nome do Senhor Deus.

12

E retidão incessantemente habitava diante dele.

13

Eu quis permanecer ali, e minha alma desejou aquela habitação.

14

Ali estava minha antecedente herança, pois deste modo eu prevaleci diante do Senhor Deus.

15

Neste momento eu glorifiquei e exaltei o nome do Senhor Deus com louvor e exaltação, pois Ele o tem estabelecido com bênção e com exaltação, de acordo com Sua própria boa vontade.

16

Meus olhos contemplaram aquele espaçoso lugar.

17

Eu o bendisse e falei: Abençoado seja, abençoado desde o princípio e para sempre.

18

No princípio, antes que o mundo fosse criado, e sem fim é seu conhecimento.

19

Qual é este mundo? De toda geração existente, eles abençoarão aquele que não dorme espiritualmente, mas permanece diante da Tua glória, abençoando, glorificando, exaltando-te, e dizendo: Santo, Santo, é o Senhor Deus encheu o mundo todo de espíritos.

20

Ali meus olhos viram a todos que, sem dormir, permanecem diante dele e abençoam-no dizendo:

21

Abençoado sejas, e abençoado seja o nome de Deus para sempre e sempre.

22

Então meu semblante ficou mudado, até que fiquei incapaz de continuar vendo.