Primeiro livro de Enoque - Capítulo 6

Rebeldes dentre os sentinelas

1

E ACONTECEU depois que os filhos dos homens se multiplicaram naqueles dias, nasceram-lhe filhas, elegantes e belas*.

* Gên.6:2

2

E quando os anjos*, os filhos dos céus, viram-nas, enamoraram-se delas, dizendo uns para os outros: Vinde, selecionemos para nós mesmos esposas da progênie dos homens, e geremos filhos.

* No texto aramaico lê-se "Sentinelas"

3

Então seu líder Samyaza disse-lhes: Eu temo que talvez possais indispor-vos na realização deste negócio;

4

E que só eu sofrerei por tão grave crime.

5

Mas eles responderam-lhe e disseram: Nós todos juramos;

6

(E amarraram-se por mútuos juramentos), que nós não mudaremos nossa intenção mas executamos nosso empreendimento projetado.

7

Então eles juraram todos juntos, e todos se amarraram (ou uniram) por mútuo juramento.

8

Todo seu número era duzentos, os quais descendiam de Ardis*, o qual é o topo do monte Hérmon.

* de Ardis. Ou, "nos dias de Jarede"

9

Aquele monte portanto foi chamado Hérmon*, porque eles tinham jurado sobre ele, e amarraram-se por mútuo juramento.

* Monte Hérmon deriva seu nome do hebreu herem, ou seja, uma maldição.

10

Estes são os nomes de seus chefes: Samyaza, que era o seu líder, Arakiba, Rameel, Kokabiel, Tamiel, Ramiel, Danei, Ezekeel, Narakijal, Azael, Armaros, Batarel, Ananel, Sakeil, Samsapeel, Satarel, Turel, Jomjael e Sariel.

11

Estes eram os prefeitos dos duzentos anjos, e os restantes estavam todos com eles*.

* O texto aramaico preserva uma lista anterior dos nomes destes Guardiães ou Sentinelas: Semihazah; Artqoph; Ramtel; Kokabel; Ramel; Danieal; Zeqiel; Baraqel; Asael; Hermoni; Matarel; Ananel; Stawel; Samsiel; Sahriel; Tummiel; Turiel; Yomiel; Yhaddiel.