Primeiro livro de Enoque - Capitulo 97

Os males reservados para pecadores e os possuidores de riqueza injusta

1

Tende confiança, ó justos, que os pecadores serão humilhados e aniquilados no dia da Justiça!

2

Estejais avisados que o Altíssimo pensa na sua ruína, e que os Anjos do céu alegram-se com a sua desgraça!

3

O que farão os pecadores?

4

E para onde fugireis no dia do julgamento, quando ouvireis as palavras da oração dos justos?

5

Vós não sereis iguais àqueles que a esse respeito testemunham contra vós; vós sois associados a pecadores.

6

Naqueles dias as orações dos justos virá diante do Senhor.

7

Quando o dia do vosso julgamento chegará; e toda circunstância de vossa iniquidade será relatada diante do Grande e do Santo.

8

Vossas faces se cobrirão de vergonha; enquanto todo feito, fortalecido pelo crime, será rejeitado.

9

Ai de vós, pecadores, que no meio do mar, e na terra seca, são aqueles contra quem um mau testemunho existe.

10

Ai de vós que adquirir prata e ouro, não obtidos em retidão, e dizem: “Somos ricos, possuímos abundância, e temos adquirido tudo o que desejamos”.

11

“Queremos agora desfrutar o que ambicionávamos, pois economizamos dinheiro, enchemos nossos celeiros de grãos como água e numerosos são os criados das nossas casas.”

12

Sim, e como água diluir-se-ão as vossas mentiras; pois não ficareis com a vossa riqueza, mas repentinamente ela vos será subtraída. Porque lucrastes tudo com injustiça, e assim sereis entregues à grande condenação.