Segundo livro de Enoque - Capitulo 18

De como Enoque foi levado ao quinto céu

1

Os homens levaram-me ao quinto céu e lá me puseram, e vi muitos e incontáveis soldados, chamados Grigori* , de aparência humana, e eram maiores que os maiores gigantes e suas faces eram sem viço e o silêncio de suas bocas, perpétuo, e não havia qualquer serviço no quinto céu, e eu disse aos homens que estavam comigo:

* Vigias ou Vigilantes

2

"Por que eles são tão sem viço e suas faces melancólicas, suas bocas silenciosas, e por que não há serviço neste céu?"

3

Eles me disseram: "Estes são os Grigori, que com seu príncipe Satanás rejeitaram o Senhor da Luz, e atrás deles estão os que são mantidos nas grandes trevas do segundo céu, e três deles foram para a terra vindos do trono do Senhor, para o Hermom, e quebraram seus votos nas encostas da colina do Hermom e viram como eram bonitas as filhas dos homens e tomaram-nas por esposas e sujaram o mundo com suas obras, e durante todo o tempo de sua estada cometeram ilegalidade e promiscuidade, e nasceram gigantes e impressionantes homens grandes e grandes inimizades.

4

E por isso Deus julgou-os com um grande julgamento e eles choraram por seus irmãos e serão punidos no grande dia do Senhor.

5

E eu disse aos Grigori: "Eu vi vossos irmãos e suas obras e seus grandes tormentos, e orei por eles, mas o Senhor condenou-os a estar embaixo da terra até o céu e a terra se acabarem".

6

E eu disse: "Por que razão esperais, irmãos, e não servis diante da face do Senhor e por que não pusestes vossos serviços diante da face do Senhor, para que o Senhor não se enraivecesse tanto?"

7

E eles ouviram minhas admoestações e falaram para as quatro ordens do céu, e vede!

8

Enquanto eu estava com esse dois homens, quatro trombetas soaram juntas bem alto, e os Grigori irromperam em um cântico uníssono, e suas vozes foram até o Senhor cheias de piedade e afeição.