Livro de Melquisedeque - Capitulo 46

Deus deixa o casal em sua nova morada e se torna invisível para o homem

1

Com o coração partido pela dor causada por aquela separação física, o Criador deixou o casal adormecido sobre a relva, depois de beijar-lhes as faces já marcadas pelo sofrimento.

2

Sua luz dissipou-se ao tornar-Se invisível, dando lugar às trevas daquela primeira noite fora do paraíso.

3

No subconsciente do casal começaram a desfilar sonhos coloridos de um passado feliz.

4

Encontravam-se mais uma vez em meio às belezas do Éden, saciados pôr uma alegria eterna.

5

Agradecidos pela vida, corriam pelos campos floridos, brincando com os animais.

6

Com felicidade uniam as vozes aos anjos nos harmoniosos cânticos em louvor ao Criador.

7

Tantas cenas lindas desfilavam em seu subconsciente, mas esses sonhos tornaram-se pesadelos, fazendo-os reviver sua tragédia.

8

Agonizantes despertaram em meio à escuridão daquela primeira noite no exílio.

9

Não conseguindo conciliar o sono, o casal permaneceu em pranto até ser consolado pelo alvorecer que revelou-lhes ao longe o saudoso paraíso.

10

Deus, ainda que invisível, permanecia ao lado de Adão e Eva ali na colina.

11

O sofrimento deles era o Seu sofrimento, como também a esperança de um dia retornarem vitoriosos a Sião.