Livro de Melquisedeque - Capitulo 90

Adão aconselha Caim a retroceder de sua ignorância, mas ele não aceita

1

As trevas baixaram lentamente sobre aquela colina, até cobri-la em semelhança de um espesso manto.

2

O momento era muito importante, pois decisões de vida e morte estavam por manifestar-se.

3

O que estava em jogo no posicionamento humano, era o destino do Universo.

4

Nos passos rebeldes de Caim e sua companheira, viam os seguidores do Eterno um grande perigo que poderia dificultar e por em perigo o triunfo do plano da redenção.

5

Tomavam consciência naquela noite, de que Satanás e suas hostes, procurariam conduzir a humanidade para formas errôneas de culto, baseadas em filosofias atraentes como aqueles frutos e flores colhidos por Caim, mas que em essência seria uma negação do único caminho da salvação, representado pela morte do cordeiro.

6

Naquela noite, dois novos casais, movidos pelo mais profundo anseio, apresentavam-se diante do Criador com suas ofertas.

7

A aceitação divina descerraria para eles um caminho de felicidade, em resposta aos seus mais acalentados sonhos.

8

Sua união sob a luz do altar, traria para eles um vislumbre das glórias futuras - aquelas que serão desfrutadas pelos redimidos - a alegria de estarem para sempre unidos ao Redentor, o amante Esposo da alma humana.

9

A não aprovação da oferta, traria amarga decepção, pois além de não receberem a benção do Criador, teriam consciência de estarem trilhando por um caminho de rebeldia, desligados do Autor da vida.

10

Foi com um misto de alegria e tristeza, que Adão e Eva dirigiram-se ao altar naquela noite, depondo sobre o mesmo a ovelha para o sacrifício.

11

Depois de tantos anos junto aos seus filhos, nos quais por palavras e exemplo, procuraram mostrar o caminho da salvação, colhiam agora respostas de obediência e desobediência.

12

Estavam felizes por Abel, e tristes por Caim.

13

O que mais poderiam fazer por aquele filho rebelde?!

14

Numa última tentativa de fazê-lo reconhecer seu erro, Adão tomando nos braços sua oferta, tateou-se até avizinhar-se do altar de Caim.

15

Ali, com lágrimas a banhar a face, ele implorou para seu filho a tomar aquela ovelha para o sacrifício.

16

Se aceitasse os seus rogos, veria surgir o fogo da benção divina, caso contrário, permaneceria mergulhado nas trevas.

17

Caim com arrogância menosprezou a oferta de seu pai, afirmando que o seu altar jamais seria maculados pelo sangue de inocentes animais.

18

Ferido pela rebeldia e ingratidão de seu filho, Adão retornou ao seu altar, onde juntamente com Eva, continuaram intercedendo pelo futuro de seus filhos.