O livro de Jasar - Capitulo 75

Os efrainitas saem do Egito para Canaã

1

E naquele tempo, no ano cento e oitenta da ida dos israelitas para o Egipto, lá saíram do Egipto os homens valentes, trinta mil a pé, dos filhos de Israel, que eram todos da tribo de José, dos filhos de Efraim, filho de José.

2

Pois eles disseram que o período estava concluído em que Deus tinha marcado para os filhos de Israel nos tempos antigos, que Ele havia falado a Abraão.

3

E estes homens cingiram-se, e colocaram cada um a sua espada ao seu lado, e cada homem a sua armadura sobre si, e eles confiaram na sua força, e eles saíram juntos do Egipto com mão forte.

4

Mas eles não levaram nenhuma provisão para a estrada, somente prata e ouro, nem mesmo pão para aquele dia eles levaram em suas mãos, pois eles pensaram em conseguir a sua provisão por pagamento através dos Filisteus, e se eles não vendessem, levariam à força.

5

E estes homens eram muito poderosos e valentes homens, um homem poderia perseguir mil e dois poderiam dez mil, então eles confiaram em sua força e foram juntos como estavam.

6

E dirigiram seu curso em direção à terra de Gate, e eles desceram e encontraram os pastores de Gate alimentando o gado dos filhos de Gate.

7

E eles disseram aos pastores: Entreguem-nos algumas das ovelhas por pagamento, para que possamos comer, pois nós estamos com fome, porque não comemos pão neste dia.

8

E disseram os pastores: São nossas as ovelhas e gado, por que devemos dar a vocês por pagamento? Assim os filhos de Efraim aproximaram-se para levá-las à força.

9

E os pastores de Gate gritaram, e o seu grito foi ouvido à distância, e todos os filhos de Gate foram até eles.

10

E quando os filhos de Gate viram a maldades dos filhos de Efraim, eles voltaram e reuniram os homens de Gate, e colocaram cada um a sua armadura, e vieram diante dos filhos de Efraim para a batalha.

11

E eles se engajaram com eles no vale de Gate, e a batalha foi grave, e feriram-se uns aos outros, nesse dia.

12

E no segundo dia os filhos de Gate foram às cidades dos filisteus, para que viessem ajudá-los, dizendo:

13

Juntem-se a nós, e ajudem-nos, para que possamos ferir os filhos de Efraim, que vieram do Egipto para tirar o nosso gado, e para lutar contra nós sem justa causa.

14

Ora, as almas dos filhos de Efraim ficaram esgotadas com fome e sede, pois eles não tinham comido pão durante três dias. E quarenta mil homens saíram das cidades dos Filisteus para ajudar os homens de Gate.

15

E estes homens estavam envolvidos na batalha com os filhos de Efraim, e Deus entregou os filhos de Efraim nas mãos dos Filisteus.

16

E feriram todos os filhos de Efraim, todos os que tinham saído do Egipto, nenhum restou, mas dez homens que tinham fugido da batalha.

17

Pois este mal veio de Deus contra os filhos de Efraim, pois eles transgrediram a palavra de Deus em sair do Egipto, antes de chegar o período ao qual Deus nos dias antigos havia designado para Israel.

18

E dos Filisteus também caíram um grande número, cerca de vinte mil homens, e seus irmãos levaram-nos e os enterraram em suas cidades.

19

E os mortos dos filhos de Efraim permaneceram abandonados no vale do Gate por muitos dias e anos, e não foram trazidos para enterro, e o vale ficou cheio de ossos de homens.

20

E os homens que haviam escapado da batalha chegaram ao Egipto, e disseram a todos os filhos de Israel tudo o que lhes acontecera.

21

E seu pai Efraim lamentou sobre eles por muitos dias, e seus irmãos vieram para consolá-lo.

22

E veio a sua esposa, e deu à luz a um filho, e chamou o de Beriah, pois ela estava infeliz em sua casa.